FESTIVAL DO JAPÃO 2015

O Festival do Japão comemorou os 120 anos de amizade entre Brasil e Japão. É a segunda vez que vou a este evento (confesso que na primeira vez achei muito cheio e não quis ir mais) e a primeira que vou à trabalho, no Atelier Naomi Uezu (pela segunda vez consecutiva eleito por mim como o stand mais lindo hahaha).

O que mais me chamou a atenção foi a organização do evento, que contou com vários voluntários. Desde o momento que cheguei à estação Jabaquara do Metrô, encontrei voluntários, informando de onde saía o ônibus para o festival. Tudo com muita fila, mas MUITO organizado, sem brigas, sem gente furando fila, com atenção especial aos idosos.

O festival conta com um espaço especial para idosos, percebe-se por essas atitudes, como para os japoneses é tão importante respeitar os mais velhos e cultuar os antepassados. Foram três dias cansativos demais e inesquecíveis também.

Como o trabalho é grande, quase não tenho fotos de fora do stand que trabalhei. O que consegui, foram algumas fotos de domingo, logo que cheguei, com o espaço ainda praticamente vazio.









 




 













Helô Mayumi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram